Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Olho de lince para sobreviver a Barrancos

Noudar/Barrancos é terra de linces. Deveria ser. Seria bom que fosse. Luísa Nunes ilustra com umas agradáveis aguarelas e explica no belo Diário da Natureza que a Associação IBERLINX ofereceu aos cerca de 500 participantes no I Trail Iberlince de Barrancos o que nos atrai no olhar de um gato selvagem. Consta que não é meramente a sua beleza mas também a sua ferocidade.
No imaginário referente a esta extraordinária criatura surge a crendice medieval de conseguir ver através de corpos opacos, exímio na caça pois, já que uma visão apurada constituiu fator decisivo para conseguir caçar o número de coelhos bravos necessários à sua sobrevivência. Parece não haver já coelhos bravos em número suficiente para assegurar o sucesso da reintrodução da espécie mas nesta terra de barrancos o bosque mediterrânico com a sucessão de zonas arbustivas e de clareiras ainda permite descansar a alma e cansar o corpo, senão o dos linces, pelo menos os dos que se aventuram às surpresas com que o Ico Bossa co…

Mensagens mais recentes

Não há seca de corrida em Ervedal

Não vi cegonhas no Trail de Nisa

São Julião a desvendar segredos para o UTSM 2018

Badajoz > Elvas em dia de tragédia

Lobos mancos a galope